portugues

Dualidade e culpa…

Quando aceitamos a dualidade, aceitando igualmente os dois pólos, eles se fundem e se tornam um. Começamos a viver a abundância do presente. À medida que vamos nos atrevendo a sonhar e a sentir que merecemos, nos amando e ativando a confiança em nosso Ser interior, ativamos a conexão com a mente UMA.

As mentiras já não podem se esconder mais, tudo está saindo à luz, não podemos ser mais enganados. As mentiras continuarão sendo verdades para quem queira viver limitado por as experiências e interpretações dos outros.

Por que temos medo? O medo provém de nossa identificação com a separação

A culpa é uma expressão do medo, tudo provém dessa dualidade, do amor ou do medo.

A culpa carrega, certamente, uma vibração emocional que atrai mais situações, é um círculo vicioso que se mantém na obscuridade da mente inconsciente.

Existe uma opção, aceitar a dualidade como parte da experiência, aceitá-la com amor, sem rejeição, para não seguir criando o círculo do medo, carência, apego, rejeição… etc

Que sirva para nortear o caminho. Para observar e ops!! Vamos ver o que estou manifestando?, meus pensamentos, meus sentimentos como estão?, e me detenho a observar o presente, isso mostra o que está em minha mente, e me dar conta de meus sentimentos.

A culpa não tem forma, não se vê e enquanto a maioria das pessoas crêem que não sentem culpa, que não carregam culpa; se obervarmos honestamente nossa mente, vamos percebê-la.

A culpa é um sentimento doloroso e muito estimulado em nossa sociedade e que está associado ao medo e ao ataque. Se esconde nos recôndidos mais profundos da consciência, se oculta com diferentes situações (véus) para que não possamos vê-la.

Nos impede de compartir de forma equilibrada com TODOS os seres.

Culpa é o sentimento de ser indigno, mal, carrega ressentimento e censura. A culpa é o resultado de muita raiva guardada que se volta contra nós mesmos. Poderíamos resumir assim:

Raiva +magoas reprimidas = culpa = auto punição.

 

Caminhamos pela vida como “vítimas”, transmitimos a culpa de geração em geração, e enquanto a sociedade está evoluída em muitos aspectos, ouvimos este assunto da culpa por todos os lugares, todos os dias.

“A culpa é dos pais”.

“A culpa é dos professores”

A culpa é da ministra”

“A culpa é do governo”

Conseqüências da culpa:

– auto punição;

– Medo;

– Sofrimento;

– Ressentimento;

– Estagnação;

– Doenças – a culpa está presente na maioria das pessoas portadoras de câncer.

– Tristeza/depressão;

– Submissão;

– Prisão emocional;

– Solidão;

– Dificuldade de impor limites, dizer não;

– Fuga através do álcool, drogas;

– Compulsão alimentar;

– Conflitos internos e nas relações;

– Dificuldade de sentir prazer;

– Destruição da auto-estima e do amor-próprio.

Volto para o meu interior e pergunto qual são os próximos passos para experimentar paz… Nos permitindo vivenciar o agora, é um presente que nos damos a nós mesmos.

 “No eterno Tao, não existe acima e abaixo; não existe bondade e maldade. Existe alta energia que faz livre as pessoas e expressa o amor, e existe baixa energia que restringe, controla e manipula as pessoas. Mas é só energia. Não existe absolutos nem juízos na graça do Eu infinito”

“Naturalmente, como pessoa espiritual trabalhando sobre você mesmo, vai tentar eleger o máximo de alta energia e atitudes libertadoras que pode. Mas se às vezes vai por outro caminho e falha, realmente não falhou.

Todo o que fez foi subir pelo outro lado da escala. Tem que compreender o contraste para aprender.

Pouco a pouco se fortelecerá e aprenderá do melhor modo. Às vezes pode que destroces algo ou faça algo que realmente cause sofrimento aos outros, porque isso é o que necessitavas no momento e isso é o que você fez. Pode se absolver e seguir adiante…”

Gratidão.

Para você, com amor.

shanti Shalom.

entra na nossa página do facebook tem outras informações interessantes, se sentir … Clique em curtir https: //www.facebook.com/sintiendoahora/

Deixa teu comentario, é muito importante prar mim…

grata.

 

 

Deja un comentario

WhatsApp chat
A %d blogueros les gusta esto: